Captação Ideal Engenharia
Captação Ossopim
invista em startups
Disciplina

Não é a crise que faz o investidor perder tudo: é o psicológico, diz especialista

Luana Schneider, do Market Minds, aborda as dificuldades dos investidores de longo e de curto prazo em meio ao pânico

23/03/2020 07h24
Por: Leonardo Brum
Fonte: Infomoney
204
trader-triste.jpg
trader-triste.jpg

A maior dificuldade do investidor iniciante no mercado financeiro não é a a crise, mas sim a ansiedade. Já no caso do trader mais experiente, que está no mercado há mais tempo, o grande erro é, em momentos como o atual, deixar de operar suas estratégias e técnicas para operar a sua ansiedade, o seu medo. A opinião é de Luana Schneider, do Market Minds, especialista em psicologia para traders.

A psicologia do investimento em tempos de crise é o tema da edição mais recente do podcast Gain Cast, com André Moraes, analista da Rico Investimentos, e Roberto Indech, analista-chefe da Rico Investimentos.

Para a convidada Luana, o trader, que opera no dia a dia com estratégias de curto prazo, tende a sair mais prejudicado dessa crise por deixar sua receita de lado e operar de forma diferente conforme a circunstância. “Ser day trader é chato: você tem que ter disciplina de operar todos os dias exatamente a mesma coisa, repetir as mesmas técnicas, as mesmas estratégias”, explica. Ir contra essa estratégia significa dar abertura para perdas graves em momentos difíceis.

Quanto ao investidor de longo prazo, Luana observa que o momento de extrema volatilidade do mercado é a hora em que ele começa a entender o que o day trader sente na prática o que o day trader e o swing trader sente na pele durante as sessões. O que ele não pode esquecer é da sua estratégia. “Dar para a sua mente a informação de como você vai agir se tudo der certo e se tudo der errado, é uma das melhores formas de controlar a ansiedade”.