Captação Ossopim
Captação Ideal Engenharia
invista em startups
Carreira

Como introvertidos prosperam nos tempos de crise

E os introvertidos devem tentar proteger seu tempo de silêncio para um trabalho focado e com pausas

29/06/2020 07h07
Por: Leonardo Brum
Fonte: Forbes
281
E os introvertidos devem tentar proteger seu tempo de silêncio para um trabalho focado e com pausas
E os introvertidos devem tentar proteger seu tempo de silêncio para um trabalho focado e com pausas

 

Você sabe como estão os introvertidos em sua equipe? Eles precisam das mesmas rotinas de trabalho que os extrovertidos para se sentir produtivo e criativo? Tempos de crise são oportunidades para que cada um de nós seja criativo em moldar um novo “normal” e resolver esse difícil desafio de viver hoje. Como todos nós nos sentimos ainda mais sobrecarregados do que o habitual, quais são as maneiras de garantir que entendemos as necessidades exclusivas dos introvertidos e dos extrovertidos de nossa equipe?

Ao considerar essas perguntas, entrei em contato com Jennifer B. Kahnweiler. Ela é autora e palestrante profissional. Seu novo livro, é o quarto sobre introvertidos no trabalho, “Creating Introvert-Friendly Workplaces: How to Unleash Everyone’s Talent and Performance” (em tradução livre, Criando locais de trabalho amigáveis ​​para os introvertidos: como liberar o talento e o desempenho de todos). Na entrevista abaixo, ela me ajudou a responder muitas dessas perguntas. Elas ajudarão você a liderar equipes com os introvertidos de forma amigável e que prosperará em tempos de perturbação.

Forbes: Vamos começar com uma definição de quem é introvertido e qual porcentagem da população eles representam?

Jennifer B. Kahnweiler: Pense na energia pessoal como se fosse uma bateria. Os introvertidos recarregam seu poder de dentro. Ou seja, um introvertido é alguém que é energizado por silêncio, tempo sozinho e, inversamente, sente-se esgotado por muito envolvimento social. Aproximadamente metade da população se identifica como introvertida. A maioria das pessoas fica em algum lugar na faixa intermediária do espectro introvertido-extrovertido, inclinando-se um pouco para um lado ou para o outro, e todos possuímos qualidades diferentes que se enquadram nos dois campos.

F: Como meu trabalho é ajudar as pessoas a prosperar em tempos de crise, quais são os pontos fortes dos introvertidos que são particularmente úteis nesses tempos?

JBK: Os introvertidos se preparam, o que é útil agora com tantas mudanças acontecendo a cada dia. Revisar os fatos e considerar uma reflexão sobre eles mesmos antes de agir é uma sensibilidade introvertida natural. Os introvertidos também praticam a escuta engajada e preferem conversas focadas, onde podem se aprofundar e aprender mais sobre o que seus clientes, pacientes e colegas precisam. Sua tendência firme e calma também lhes permite pensar claramente durante esses tempos de crise e perturbação.

F: Com base em sua pesquisa, o que os introvertidos precisam nos locais de trabalho, diferente dos extrovertidos?

JBK: Criamos uma pesquisa no local de trabalho para descobrir algumas das respostas a essa pergunta e descobrimos muito. Apenas 38% dos mais de 240 entrevistados (que na maioria eram introvertidos) disseram que sua organização demonstra vontade de contratar e promover introvertidos. Apenas cerca de um terço avaliou seu ambiente de escritório como fornecendo opções para que os introvertidos sejam produtivos.

Estatísticas como essas foram muito esclarecedoras e ainda mais convincentes foi a frustração que emergiu dos comentários. Por exemplo: “Gostaria que meu diretor levasse algum tempo para conversar comigo. Com ele, é tudo sobre quem grita mais alto…” ou “Minha empresa vê reuniões e sessões de trabalho com equipes de pessoas como o meio para encontrar soluções. Eles dão pouco peso ao fornecimento tempo para que os indivíduos reflitam ininterruptamente para encontrar soluções.” Muitas declarações semelhantes revelaram uma profunda frustração.

F: Muito do trabalho foi transferido para as configurações virtuais. O que a sua pesquisa está lhe dizendo sobre o que os introvertidos precisam (se é que há alguma coisa) diferente para equipes e o trabalho virtual?

JBK: Considere se e quando as reuniões são necessárias, pois as reuniões virtuais consecutivas não são produtivas, e são desgastantes para os introvertidos. Eles sentem pressão para encarar os rostos na tela. Use todos os modos de comunicação disponíveis, incluindo mensagens instantâneas, e-mails e telefonemas programados, dependendo do tipo de informação que você deseja transmitir.

E os introvertidos devem tentar proteger seu tempo de silêncio para um trabalho focado e com pausas. É especialmente importante que eles bloqueiem esses horários em seu calendário. E não deixar escapar também, a construção de um relacionamento tête-à-tête. Uma empresa com a qual trabalho, instituiu um programa bem-sucedido de “Chamadas Misteriosas”, onde eles combinavam aleatoriamente pessoas da empresa para se telefonarem e criarem mais vínculos com pessoas de diferentes partes da empresa.

F: O futuro do trabalho incluirá equipes fluidas que se reúnem para resolver problemas. O que essas equipes precisam saber sobre os introvertidos, e o que eles precisam para se sentir seguros e produtivos e fazer suas melhores contribuições?

JBK: Eu não acho que o argumento possa ser feito com muita frequência: confiança e entendimento são a base de uma comunicação significativa. Mas, para os introvertidos, isso é particularmente importante, pois sua natureza tranquila pode fazê-los parecer antissociais ou inacessíveis. Como os introvertidos têm tempo e espaço para se comunicar de acordo com seus próprios termos, líderes e colegas de trabalho descobrirão que esses funcionários atenciosos têm muito a contribuir para a conversa.

Reserve um tempo para conhecer seus colegas introvertidos e aprender suas preferências de comunicação individualmente.

F: O que podemos fazer se queremos ser aliados para tornar as organizações mais amigáveis ​​aos introvertidos?

JBK: Considere estas seis etapas principais:

1. Seja uma voz silenciosa, levantando a questão de conscientização introvertida.

2. Aborde intencionalmente necessidades dos introvertidos em toda a organização, incluindo práticas de contratação, design de escritórios e aprendizado e desenvolvimento.

3. Envolva introvertidos em sua pesquisa.

4. Incentive as equipes a abordar suas preferências individuais no trabalho.

5. Traga liderança sênior para a conversa.

6. Aprenda as áreas a serem focadas em seu local de trabalho, fazendo um questionário sobre o local de trabalho introvertido.