Captação Ideal Engenharia
Captação Ossopim
invista em startups
KK

Após vender uma parte de sua empresa de cosméticos para a Coty, Kim Kardashian está próxima de se tornar bilionária

A aquisição fará de Kardashian West a proprietária majoritária da KKW beauty, com uma participação estimada em 72%

30/06/2020 07h00Atualizado há 2 semanas
Por: Leonardo Brum
Fonte: Forbes
232
A aquisição fará de Kardashian West a proprietária majoritária da KKW beauty, com uma participação estimada em 72%
A aquisição fará de Kardashian West a proprietária majoritária da KKW beauty, com uma participação estimada em 72%

 

No que será o segundo maior negócio da família Kardashian em um ano, Kim Kardashian West está vendendo, por US$ 200 milhões, uma participação de 20% em sua empresa de cosméticos KKW Beauty para a gigante de beleza Coty. O acordo –anunciado hoje (29)– avalia a KKW Beauty em US$ 1 bilhão, fazendo a celebridade valer cerca de US$ 900 milhões, segundo estimativas da Forbes.

A aquisição, que deve ser fechada no início de 2021, fará de Kardashian West a proprietária majoritária da KKW beauty, com uma participação estimada em 72% na empresa, conhecida por seus cosméticos marcantes, como contornos e iluminadores. A Forbes estima que sua mãe, Kris Jenner, também possui 8% dos negócios. (Nem Kardashian West nem Kris Jenner responderam a um pedido de comentário sobre suas ações). Segundo a Coty, ela permanecerá responsável pelos esforços criativos, enquanto a companhia vai se concentrar em expandir o desenvolvimento de produtos fora do campo dos cosméticos já explorados.

No início deste ano, a meia-irmã de Kardashian West, Kylie Jenner, também fechou um grande acordo com a Coty, quando vendeu 51% da Kylie Cosmetics por um valor de US$ 1,2 bilhão. O acordo deixou Jenner com um patrimônio líquido de pouco menos de US$ 900 milhões. A Kylie Cosmetics e a KKW Beauty estão entre uma série de marcas, incluindo Anastasia Beverly Hills, Huda Beauty e Glossier, que receberam avaliações altíssimas graças ao seu marketing amigável para mídias sociais.

“Kim é um verdadeiro ícone global dos dias modernos”, disse o presidente e CEO da Coty, Peter Harf, em comunicado. “Essa influência, combinada com a liderança de Coty e uma profunda experiência no mundo da beleza, nos permitirá alcançar todo o potencial de suas marcas.”

O acordo ocorre apenas alguns dias depois que a Seed Beauty, que desenvolve, fabrica e envia os produtos da KKW Beauty e da Kylie Cosmetics, ganhou uma liminar temporária contra a KKW Beauty, na esperança de impedir que compartilhe segredos comerciais com a Coty, que também possui marcas como CoverGirl, Sally Hansen e Remmel. Em 19 de junho, a Seed entrou com uma ação buscando a proteção de seus segredos comerciais, antes de um acordo esperado entre a Coty e a KKW Beauty. O pedido temporário concedido em 26 de junho dura até 21 de agosto e proíbe a marca de divulgar detalhes relacionados à relação Seed-KKW, incluindo “os termos desses contratos, informações sobre uso de licenças, obrigações de marketing, lançamento e distribuição de produtos, compartilhamento de receita, propriedade intelectual, especificações, ingredientes, fórmulas, planos e outras informações sobre produtos da Seed.”

Nos últimos anos, com Wall Street insistindo em pagamentos muito pesados por aquisições, a Coty lutou e não conseguiu acompanhar as tendências da beleza contemporânea. A pandemia de coronavírus também atingiu duramente a empresa de 116 anos. Desde o início do ano, o preço das ações de suas ações caiu quase 60%. A empresa, que faturou US$ 8,6 bilhões até junho de 2019, agora possui uma capitalização de mercado de US$ 3,3 bilhões. Ao fechar acordos com empresas como KKW Beauty e Kylie Cosmetics, a Coty espera atualizar sua imagem e atrair consumidores mais jovens.

Kardashian West fundou a KKW Beauty em 2017, depois de colaborar com sucesso com a Kylie Cosmetics em kits para lábios. Como sua meia-irmã, ela lançou a marca primeiro de forma digital, depois começou a disponibilizar os produtos nas lojas Ulta em outubro de 2019, o que ajudou a gerar uma receita estimada de US$ 100 milhões no ano passado. A KKW Beauty é um dos vários empreendimentos comerciais de Kardashian West: ela continua aparecendo no reality show de sua família “Keeping Up with the Kardashians”, vende sua própria linha de shapewear chamada Skims e promove seu jogo para celular Kim Kardashian Hollywood. Seu marido, Kanye West, anunciou recentemente um acordo para vender uma linha de sua marca Yeezy nas lojas Gap.

“Isso é divertido para mim. Agora vou apresentar Kimojis (emojis de Kim), o aplicativo e todas essas outras ideias”, disse Kardashian West à Forbes sobre seus vários empreendimentos comerciais, em 2016. “Não me vejo parando.”