Captação Ideal Engenharia
Captação Ossopim
invista em startups
Carreira

Por que ter um mindset pouco flexível limita a carreira e como mudar isso

Uma mentalidade fixa diz que você é seu fracasso e te impede tentar novamente

28/07/2020 06h55Atualizado há 1 semana
Por: Leonardo Brum
Fonte: Forbes
337
Uma mentalidade fixa diz que você é seu fracasso e te impede tentar novamente
Uma mentalidade fixa diz que você é seu fracasso e te impede tentar novamente

 

Quando você enfrenta comentários e críticas construtivas, isso parece um ataque pessoal ao seu valor? Quando seu progresso atinge um obstáculo, você fica desentusiasmado e se sente cheio de derrotas? Você desiste de uma ideia antes mesmo de começar, simplesmente porque nunca fez aquilo antes?

Se essas perguntas o afetam profundamente, você pode ter uma mentalidade fixa, que o está te impedindo de experimentar o sucesso que deseja. Todos nós queremos conhecer o segredo do sucesso, descobrir uma luz guia. Você poderia dizer que é trabalho duro e dedicação, mas, na realidade, há muito mais do que isso. Uma coisa que considero verdadeira é que uma mentalidade de crescimento ajuda bastante no caminho para o sucesso. A outra alternativa? Uma mentalidade fixa, que diz que você é seu fracasso e que o impede de tentar novamente.

Os pensamentos em sua mente são a diferença entre conseguir o emprego que você ama e ficar preso em sua carreira indesejada.

Então, o que é uma mentalidade fixa?

Explicando as mentalidades: fixa x crescimento

A mentalidade ou mindset fixo gira em torno da ideia de que nossa inteligência, talentos, caráter e até nossa criatividade são inatos e dados a nós no momento do nascimento. Essa mentalidade acredita que essas características são praticamente imutáveis, você é quem você é e não há nada que se possa fazer sobre isso. Se você está operando com esse estado de espírito, é provável que não corra riscos demais e sinta que a vida é uma luta gigantesca.

Por outro lado, um mindset de crescimento vê desafios como oportunidades de crescimento e, com determinação e trabalho duro, você pode expandir suas habilidades e aptidões. Um estudo recente descobriu que os alunos que mantinham uma mentalidade de crescimento tinham três vezes mais chances de obter uma pontuação entre os 20% melhores nos testes.

Viver com uma mentalidade de crescimento torna possível abraçar os desafios que surgem no seu caminho, na vida e no trabalho. Falhas se tornam oportunidades para evoluir, crescer e florescer.

Usando mentalidade de crescimento para se destacar no trabalho e na vida

Se você está operando com uma mentalidade fixa, é provável que não corra muitos riscos ou sinta que está sofrendo na vida. Mas, acreditando que suas habilidades são imutáveis ​​e inatas, você pode potencialmente criar situações que são, de certa forma, moldadas pela maneira como pensa; quanto mais negativos forem os padrões de pensamento, mais ele nos aproxima da estagnação.

Pode ser complicado detectar uma mentalidade fixa, pois existe uma grande sensação de conforto em operar com os mesmos pensamentos seguros e, portanto, com padrões. Infelizmente, isso pode afetar sua trajetória de carreira a longo prazo e fazer com que você lute com sua carreira e objetivos. Felizmente, cada um de nós tem o poder de guiar nosso pensamento na melhor direção possível. Desde como você gerencia seus funcionários até sua disposição de aproveitar oportunidades de liderança, até como você recebe críticas construtivas, sua mentalidade tem efeitos significativos na maneira como você interage com os outros.

1. Comece a perceber seus hábitos de pensamento fixos

Identifique padrões e narrativas específicas que se desenrolam em sua mente. É sobre como você reage a situações particulares no momento. Esteja atento ao responder defensivamente ao feedback e ao optar por permanecer na sua zona de conforto em vez de tentar algo novo.

Como escreve Carol Dweck, autora de “Mindset: a Nova Psicologia do Sucesso”, “a visão que você adota de si mesmo afeta profundamente a maneira como você conduz sua vida. Pode determinar se você se torna a pessoa que deseja ser e se realiza as coisas que valoriza”. Para começar, considere como você aborda seu trabalho e seus interesses. Sugiro que você mantenha um caderninho ou uma nota em seu celular para escrever quais pensamentos surgem ao longo do dia, especialmente em momentos em que você se sente desconfortável. Quanto mais você se conscientizar, mais fácil será fazer os ajustes. Indo mais fundo você pode descobrir maneiras diferentes de responder a certas situações, podendo ajudá-lo a superar a mentalidade fixa em pouco tempo. Observe como uma mentalidade fixa versus uma mentalidade de crescimento parecerá muito diferente:

Recebendo feedback:

Mentalidade fixa: “Este é um ataque pessoal a mim. Eu nunca serei bom o suficiente”

Mentalidade de crescimento: “Eu posso aprender com o que essa pessoa está me dizendo”

Experimentando fracasso:

Mentalidade fixa: “Eu desisto, este é claramente o limite do que eu posso fazer”

Mentalidade de crescimento: “Embora não tenha dado certo, aprendi muito e usarei isso como uma oportunidade de crescer”

Considerando o crescimento da carreira:

Mentalidade fixa: “Eu nunca melhorarei, não sou inteligente o suficiente”

Mentalidade de crescimento: “Estou determinado a continuar tentando e nunca vou desistir”

Observando um colega de trabalho ter sucesso:

Mentalidade fixa: “Eles tiveram sorte, nunca serei eu”

Mentalidade de crescimento: “Eu me inspiro com o sucesso deles e, eu sei, que com um pouco mais de compromisso, serei eu um dia”

Nunca se esqueça, seu sucesso no mundo começa e termina com o seu pensamento.

2. Deixe o feedback alimentar seu crescimento

Feedback pode ser assustador. Ele o torna vulnerável e expõe os pontos fracos que podem existir atualmente em seu conjunto de habilidades. No entanto, quanto mais alto você subir em sua carreira, mais seu trabalho, ideias e desempenho serão vulneráveis ​​ao feedback. O objetivo, à medida que você cresce, deve ser o de convidar mais comentários e não se esquivar dele. É sobre como aprender a ajustar a maneira como você vê os comentários.

Na próxima vez que um colega de trabalho ou gerente oferecer críticas ou insights construtivos, reserve um momento antes de iniciar uma conversa para se lembrar de que tem boas intenções e deseja ajudá-lo a crescer. Enquanto eles falam, ouça como se o que eles estivessem dizendo fosse ouro. E, em vez de responder defensivamente, faça anotações para garantir que você entenda tudo. Depois, reserve um tempo para processar as informações. Pergunte a si mesmo, o que você pode mudar com base nesse feedback?

Se você se surpreender com o feedback, resista à vontade de reagir defensivamente. Não há problema em dizer: “Muito obrigado por compartilhar isso, vou manter isso em mente e, se surgir alguma dúvida, eu o informarei”.

Não é o feedback que o define, é o que você faz com ele.

3. Esteja aberto a mais oportunidades de falhar

Todos somos culpados de manter crenças definidas sobre quem somos e do que somos capazes.

Aqueles que possuem uma mentalidade de crescimento tendem a enfrentar desafios e acreditar que o trabalho duro e uma forte crença em si mesmos os ajudarão a se destacar na vida. Essas são características atraentes para serem vistas em um funcionário. É isso que eu quero para você!

Ver as falhas como uma oportunidade de aprender e evoluir pode sinalizar para as pessoas ao seu redor que você está aberto a melhorar. Uma mentalidade de crescimento reconhece que o fracasso não é um prejuízo, mas um trampolim para o sucesso no trabalho. O fracasso, grande ou pequeno, é realmente uma forma poderosa de aprendizado que o levará a crescer.

Da próxima vez que um novo projeto for feito no seu trabalho, ganhe coragem e inscreva-se para fazer parte dele. Se isso for um avanço grande demais, comece pequeno. Inscreva-se em algo que você nunca fez antes, mas tem interesse, como uma aula de cerâmica ou uma corrida de 10k. Participe de aulas de comunicação ou de um evento de networking sozinho. Comece a fazer coisas que você nunca fez antes, que podem colocá-lo em uma posição de fracasso inicial. Você pode se surpreender ao ver que fracassa menos do que pensa. Quanto mais você se sentir confortável com o desconfortável, mais fácil será crescer. É um músculo que você trabalha.

4. Equipe-se com o poder do “ainda”

Quando você se depara com um obstáculo intransponível, em vez de dizer: “Não posso fazer isso”, reformule esta frase incluindo o “ainda”. Da mesma forma que o fracasso pode nos ajudar a crescer, desafios difíceis podem ser um teste do nosso compromisso com o crescimento. Lembrando-se de que não é possível fazer algo “ainda”, você pode criar um impacto duradouro na maneira de resolver problemas e se esforçar para continuar trabalhando em direção às suas metas, ao em vez de desistir quando as coisas estiverem mais difíceis. Comece a ver a vida como se você fosse um aprendiz. Só porque você não é forte o suficiente (ainda), apenas porque você não entende isso (ainda) e apenas porque você não é bom nisso (ainda) não significa que você não será um fracasso.

Ao cultivar uma mentalidade de crescimento, você terá tendência ao sucesso no trabalho, nos seus relacionamentos e em todos os outros aspectos da vida. Pode parecer desconfortável no começo, mas lembre-se, se isso não faz você se sentir desconfortável, você não está crescendo!