invista em startups
Captação Ideal Engenharia
Trading

Agribrasil deve dobrar receita em 2020 e planeja listagem no Bovespa Mais

Baseada em um modelo que permite a fornecedores como cooperativas participar mais das exportações, a Agribrasil vem crescendo em um segmento dominado por multinacionais.

03/09/2020 06h48
Por: Leonardo Brum
Fonte: Reuters
274
© Reuters. Soja é descarregada no porto chinês de Nantong
© Reuters. Soja é descarregada no porto chinês de Nantong

 

A trading Agribrasil deverá elevar o faturamento para 1 bilhão de reais em 2020, ante 390 milhões de reais em 2019, com um aumento de cerca de 120% esperado nas negociações de grãos como soja e milho neste ano graças às vendas aquecidas no mercado externo, disse o presidente da companhia.

Em entrevista à Reuters nesta quarta-feira, o CEO e fundador da companhia, Frederico Humberg, disse ainda que a Agribrasil superou em julho a meta original de receita para o ano, de 800 milhões de reais, contabilizando 852 milhões de reais nos sete primeiros meses de 2020.

Agora ele projeta, para a empresa fundada em 2016, chegar à casa do bilhão já em 2020, ano em que os embarques de grãos do país estão sendo beneficiados por um câmbio favorável e também pela colheita de uma safra recorde.

"É uma aliança de fatores, o mercado continua bom, este ano foi fantástico, apesar da pandemia", disse ele sobre a projeção da companhia de chegar até o final do ano com negociação de cerca de 1 milhão de toneladas, ante 450 mil em 2019.

"A pandemia reduziu o preço em dólares, a demanda veio muito forte (para o Brasil), o frete internacional caiu muito, cerca de 70%, e a desvalorização cambial fez com que produtores vendessem a preços recordes; muita compra, muita venda, foi um ano fantástico para todas tradings do setor", afirmou ele.

Baseada em um modelo que permite a fornecedores como cooperativas participar mais das exportações, a Agribrasil vem crescendo em um segmento dominado por multinacionais.

"A gente quer dar a oportunidade de os grandes produtores, cooperativas, exportarem dentro do nosso sistema, ou seja, nós negociamos a logística, porto, e eles participam como vendedores... sendo embarcadores no próprio navio, então uma parte da venda deles pode ser em dólar", explicou.

No caso de grandes companhias, como Bunge e Cargill, elas compram em geral em reais no interior e fazem toda a logística e a venda.

A plataforma da Agribrasil, ao mesmo tempo em que permite maior envolvimento dos fornecedores na exportação, reduz os riscos, ao realizar o hedge da operação e garantir a logística. "O nosso conceito é de prestador de serviço."

De outro lado, a Agribrasil também se diferencia ao garantir ao comprador a possibilidade de ter um fornecedor que não vai competir com ele no destino.

"Porque as grandes casas trabalham no destino", disse ele, destacando ter cerca de 50 clientes fora do país que buscaram a Agribrasil em função disso.

Ainda relativamente pequena, a empresa espera estar entre os dez maiores exportadores de grãos do Brasil em cinco anos, comentou o fundador da trading, com a confiança de quem já trilhou caminho semelhante.

Antes da Agribrasil, foi fundador da Agriservice, comprada pela Gavilon, na qual ele atuou como presidente por cinco anos, deixando a empresa em 2016 com faturamento de 5 bilhões de reais.

Ele também atribui a performance da empresa ao fato de ter um time afinado, sendo que os principais executivos são ex-funcionários da Gavilon. "Consegui montar um supertime, que era o time que eu montei na Gavilon, fui trazendo um a um, todos os diretores que me ajudaram a montar a Gavilon, o CFO, o diretor comercial, o diretor de exportação, diretor de originação...", afirmou.

LISTAGEM

A empresa, considerada uma "asset light", que não conta com posição em porto ou silos para armazenagem, planeja realizar listagem no segmento Bovespa Mais da Bolsa B3 para levantar entre 100 milhões e 200 milhões de reais. O dinheiro seria usado para investimento em terminal portuário.

"A ideia de se listar no Bovespa Mais é buscar uma capitalização; temos dentro do projeto de investimento a ideia de investir em terminal portuário", disse ele, acrescentando que a empresa ainda discute o momento e a maneira de realizar a operação.

O terminal poderia ser no Sul do Brasil ou no Nordeste.

"Até o primeiro semestre de 2021 estamos buscando, deve ocorrer desde que tenhamos condições favoráveis, mas também não temos pressa. No nosso crescimento, ainda temos metas ambiciosas, esperamos chegar a 4 bilhões de reais (de faturamento) nos próximos quatro anos", disse.

Humberg contou que a companhia passou a ser uma S/A recentemente, outro passo importante para a empresa que já busca trabalhar dentro dos padrões de governança corporativa, incluindo a divulgação de balanços trimestrais.

Questionado, ele revelou outras ambições: "Sim, queremos ser uma empresa de capital aberto, até a ida à listagem na bolsa possibilita. Tem depois mais sete anos para fazer a abertura de capital, buscamos a janela propícia, para poder investir tanto em estrutura portuária como em processamento".

O movimento ainda poderia inaugurar a entrada de uma trading em um mercado de companhias do agronegócio listadas que inclui empresas de carne, de açúcar e etanol e até produtoras agrícolas, mas não uma exportadora de grãos.