Captação Ideal Engenharia
invista em startups
EV

Proterra levanta US$ 200 milhões para expandir tecnologia sustentável

A Proterra tem cerca de 500 ônibus de trânsito implantados com 120 clientes nos Estados Unidos e Canadá

22/10/2020 06h55
Por: Leonardo Brum
Fonte: Forbes
244
A Proterra tem cerca de 500 ônibus de trânsito implantados com 120 clientes nos Estados Unidos e Canadá
A Proterra tem cerca de 500 ônibus de trânsito implantados com 120 clientes nos Estados Unidos e Canadá

 

A Proterra, startup de fabricação de ônibus elétricos e baterias, levantou US$ 200 milhões de um grupo de investimento liderado pela Cowen Sustainable Advisors, incluindo Soros Fund Management, Generation Investment Management e Broadscale Group. A empresa com sede em Burlingame, na Califórnia, usará o dinheiro para pesquisa, desenvolvimento e expansão de sua tecnologia para outros segmentos de veículos, além de fornecer cobrança complementar e gerenciamento de energia para operadores de frotas.

Em agosto, a Proterra lançou uma nova bateria que pode ser personalizada para veículos comerciais pesados. O novo modelo de Série H da empresa pode armazenar entre 25 e 75 quilowatts-hora de energia, enquanto a bateria anterior da Série S oferecia armazenamento de até 113 quilowatts-hora de energia.

A Proterra tem cerca de 500 ônibus de trânsito implantados com 120 clientes nos Estados Unidos e Canadá que, ao todo, registraram mais de 22 milhões de quilômetros de serviço.

“A partir do aumento da demanda por veículos elétricos e frotas de emissão zero, estamos entusiasmados em colaborar com a Cowen e outros investidores para acelerar a transição para um transporte limpo e silencioso para todos e aumentar o fornecimento de veículos da Proterra no mundo”, aponta Jack Allen, CEO e presidente da Proterra, em um comunicado.

Os veículos da Proterra produzem emissões zero no tubo de escape e diminuem a dependência de combustíveis fósseis. Cada vez que um ônibus elétrico da Proterra substitui um veículo a diesel, as emissões de gases do efeito estufa são reduzidas em mais de 90 mil kg. Entre seus clientes estão Thomas Built Bus, Van Hool, BusTech e Optimal-EV.

Em fevereiro de 2020, a Proterra anunciou o fornecimento de baterias, motores e outros componentes para a linha MT50e de caminhões da Freightliner Custom Chassis Corp. que são capazes de transportar até cerca de 10 mil kg e viajar cerca de 200 km por carga. A Daimler, proprietária da Freightline, também investiu na Proterra.

“A eletrificação do transporte comercial é iminente em nossa visão por causa dos benefícios ambientais e sociais, bem como pela economia atraente”, disse Vusal Najafov, cofundador da Cowen Sustainable, em um comunicado. “A Proterra está bem posicionada para ser líder nesta transição devido à sua tecnologia de ponta e seu histórico de uma década de fabricação em escala.”

As vendas de veículos elétricos de passageiros ainda representam entre 2% e 3% do mercado de veículos leves dos Estados Unidos, mas percebe-se uma onda de novos produtos e investimentos para a expansão de trens de força elétricos para veículos comerciais maiores e ônibus de transporte público.

Há um amplo reconhecimento de que novas normas e regulamentações na maior parte do mundo incentivarão o desenvolvimento e as vendas de veículos que reduzem as emissões de carbono. Os exemplos incluem desde o Tesla Semi, de Elon Musk, movido a bateria, e caminhões para viagens longas a hidrogênio, de marcas como Nikola, Toyota e Hyundai, até a startup Rivian, que usa a mesma plataforma conhecida como “skateboard” desenvolvida para opções de picapes e SUVs elétricas, e as recém-chegadas vans elétricas da Arrival, feitas de composto reciclável.