Captação Ideal Engenharia
invista em startups
Carreira

4 dicas para se sair bem nas entrevistas online de emprego

Foque em mostrar sua verdade e dê ao entrevistador a impressão de que você aprende com os erros

09/11/2020 07h01
Por: Leonardo Brum
Fonte: Forbes
335
Foque em mostrar sua verdade e dê ao entrevistador a impressão de que você aprende com os erros
Foque em mostrar sua verdade e dê ao entrevistador a impressão de que você aprende com os erros

 

Os números mais recentes divulgados pelo Bureau of Labor Statistics indicam que a economia dos Estados Unidos está em movimento de retomada dos efeitos da pandemia do coronavírus: em setembro, o desemprego caiu para menos de 8%.

Infelizmente, a pandemia continua no radar, segundo os números recordes registrados diariamente pelo Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos (CDC, na sigla em inglês). Para quem está à procura de um novo emprego, a notícia boa é que o trabalho virtual continua presente. Como Andrew Hunter, cofundador do mecanismo de busca global de empregos Adzune, observou em uma declaração à imprensa, até mesmo empresas que antes evitavam o trabalho remoto estão adotando e aprofundando os métodos de home office.

O fato é que a realidade, pelo menos a atual, mudou. E atrair empregadores à distância exige comprometimento e planejamento. Afinal, como provar que você é o melhor candidato em uma entrevista virtual?

1. Renove sua presença online

Não se engane: potenciais empregadores examinam seu comportamento online. O que quer que apareça – incluindo fotos da faculdade no Facebook que você deveria tirar – é o que eles também verão. Atualmente, os resultados da pesquisa do seu nome no Google são a primeira impressão dos recrutadores.

Há apenas dois anos, uma pesquisa do CareerBuilder revelou que 47% das empresas desistiriam de um candidato se ele não aparecesse nos resultados online. Além disso, 20% dos empregadores disseram esperar que os candidatos estivessem na internet, de forma positiva. Portanto, seja ativo no seu perfil do LinkedIn e faça atualizações além dos cargos que você já ocupou na carreira.

Se você tem uma marca digital fraca em geral, faça com que ela tenha traços autênticos, tanto no LinkedIn quanto nas demais redes sociais. Comece revelando seus pontos fortes e apresentando-os em seu perfil profissional ou portfólio. Isso irá diferenciá-lo do grupo e colocar os holofotes sobre o que você faz bem e o que há de especial na maneira como atinge os resultados. Inclua documentos, imagens e vídeos contextualmente interessantes. Imagens de trabalhos voluntários, conteúdos autorais ou mesmo uma lista de referências ou depoimentos. Seja criativo, mas autêntico. A marca pessoal eficaz é baseada no que é real.

2. Melhore a produtividade do seu espaço de trabalho

O que acontece se um entrevistador pedir para ver seu espaço de trabalho virtual? Você está pronto para exibi-lo? Ou você se esforçaria para fazer sua mesa de jantar bagunçada parecer adequada?

Seu ambiente de home office deve ser o mais simples e funcional possível, pois dessa forma você evitará distrações. Em primeiro lugar, certifique-se do lugar que tem a melhor conexão à internet possível (de preferência com fios, não Wi-Fi), tanto para a entrevista quanto para o dia a dia profissional. A última coisa que você quer é uma chamada de vídeo instável. Teste sua tecnologia e compre uma webcam se a câmera embutida do seu computador não for boa. Você se sentirá menos ansioso (e mais confiante) sempre que entrar em contato com os recrutadores.

Se você não tem um ambiente dedicado ao trabalho em sua casa, encontre um espaço tranquilo. Escolha um local com boa iluminação natural, que pode lhe trazer vibrações de bem-estar. Tente encontrar uma área onde você possa se isolar do som de crianças e animais de estimação quando estiver em uma ligação. Se isso não for possível, invista em fones de ouvido de alta qualidade para bloquear o ruído de fundo. Quanto menos distraído e mais convidativo for o seu escritório em casa, maior a probabilidade de você impressionar seu possível empregador.

3. Seja honesto nas entrevistas, mas mostre também um pouco de vulnerabilidade

Você não deve entrar em uma entrevista de forma sentimental, nem tentar encobrir seus erros. Desde o início da Covid-19, os empregadores estão mais empáticos do que nunca. Obviamente, você vai querer falar sobre seus pontos altos e talentos, mas seja honesto sobre seus erros e o que você aprendeu com eles. Essa é, na realidade, uma pergunta típica de entrevista.

Brit Booth, vice-presidente de marketing da Perfect Day Foods, afirma que não é preciso agir com força para ser notado. “Os empresários não ignoram o fracasso e provavelmente sentirão empatia por você”, diz. “O que você considera um defeito pode, na verdade, ser o seu ponto forte.”

Outra dica é terminar a entrevista com um ar otimista. Esforce-se para mostrar sua verdade, mas dê ao entrevistador a impressão de que você aprende com os erros e raramente o comete duas vezes.

4. Recarregue as baterias com o autocuidado

O termo “autocuidado” tem recebido muita atenção recentemente, especialmente porque a ansiedade relacionada à pandemia se intensificou com a intensa procura por emprego. Uma pesquisa da Kaiser Family Foundation de julho mostrou que mais da metade dos entrevistados alegaram que sua saúde mental foi prejudicada por causa da Covid-19.

Procurar vagas de emprego o dia todo é exaustivo, por isso, faça algumas mudanças relacionadas à saúde e bem-estar. Por exemplo: converse com alguém que pode acalmá-lo se você estiver se sentindo sobrecarregado. Lembre-se de que você não está sozinho e que pode precisar de ajuda. Muitos conselheiros e terapeutas oferecem atendimentos em sessões virtuais.

Incorpore o bem-estar nas atividades diárias. Tente seguir uma rotina de noites bem dormidas e vista-se todos os dias para um ambiente de trabalho casual. Em vez de procurar emprego o tempo todo, reserve uma hora pela manhã e uma hora à tarde para essas tarefas. Entre esses períodos de tempo, dê uma caminhada e conecte-se com as pessoas. Quando você conseguir uma entrevista, dê a si mesmo um mimo, peça comida de seu restaurante favorito ou assista uma boa série na Netflix.