invista em startups
Airlines

“Recuperação consistente”: BTG mantém recomendação de Compra para a Gol

Os principais motivos listados pelo banco para sustentar sua recomendação de Compra são a exposição ao mercado internacional menor do que a dos concorrentes; a bem-sucedida redução de frota.

12/01/2021 06h46
Por: Leonardo Brum
Fonte: Investing
223

 

Após a atualização aos investidores de dezembro e as prévias dos resultados do quarto trimestre divulgados pela Gol na última sexta-feira (8), o BTG Pactual manteve sua recomendação de Compra para a ação da companhia aérea, com preço-alvo de R$ 31.

O papel GOLL4 fechou o pregão desta segunda-feira (11) em queda de 0,64%, a R$ 23,26 — na mesma direção do Ibovespa, que terminou o dia em baixa de 1,46%, aos 123.255 pontos. Durante a sessão, a ação registrou máxima de R$ 23,87 e mínima de R$ 23,09, com R$ 155,52 milhões em volume negociado.

Os principais motivos listados pelo banco para sustentar sua recomendação de Compra são a exposição ao mercado internacional menor do que a dos concorrentes; a bem-sucedida redução de frota; o bom posicionamento para se beneficiar da redução de capacidade das concorrentes; a diminuição gradual do risco de liquidez; os ganhos de eficiência com as aeronaves Boeing 737 MAX; e o valuation mais barato.

Em relação à atualização aos investidores, o BTG destacou os 476 voos por dia alcançados em dezembro, alta de 29% mês a mês; a melhora de 24% na demanda trimestre a trimestre; a taxa de ocupação mais baixa, mas ainda razoável, de 81%; a expectativa de 550 voos diários em janeiro; e a geração de caixa líquido de R$ 6 milhões por dia em dezembro, contra guidance de queima de caixa diária de R$ 3 milhões.