invista em startups
AI

5 maneiras de as startups aproveitarem as vantagens da IA

A Inteligência Artificial está cada vez mais presente no mundo corporativo, influenciando a qualidade de produtos e a agilidade dos serviços

17/02/2021 06h55
Por: Leonardo Brum
Fonte: Forbes
250
A Inteligência Artificial está cada vez mais presente no mundo corporativo, influenciando a qualidade de produtos e a agilidade dos serviços
A Inteligência Artificial está cada vez mais presente no mundo corporativo, influenciando a qualidade de produtos e a agilidade dos serviços

 

Na última década, o campo da inteligência artificial (IA) deu grandes saltos à frente. Hoje, esses avanços estão ajudando as empresas a se diferenciarem da concorrência.

Empresas como Netflix e Amazon não seriam as mesmas sem seus mecanismos de recomendação baseados em IA. Outros usam IA para melhorar tudo, desde operações de atendimento ao cliente até marketing digital. Até recentemente, porém, as melhores soluções de IA eram acessíveis apenas para grandes corporações bem financiadas.

Esse não é mais o caso atualmente. À medida que a IA se tornou popular, foi embarcada  em incontáveis produtos e serviços acessíveis às pequenas empresas – o que pode representar uma virada de jogo para aqueles que souberem aproveitá-la.

Inna Tokarev-Sela, que recentemente completou um período de dois anos como líder de pesquisa em IA na empresa de software de análise de negócios Sisense, escreveu muito sobre as oportunidades crescentes para startups alavancarem soluções baseadas em inteligência artificial para impulsioná-las adiante. Ela testemunhou em primeira mão quantas empresas, incluindo a sua própria, começaram a oferecer ferramentas habilitadas para IA para ajudá-las a obter insights e agir com base em seus dados.

1.A IA pode ajudar as startups a oferecer uma experiência excelente ao cliente

As startups podem se destacar oferecendo atendimento ao cliente excepcional, no entanto, são necessários recursos para oferecer suporte de alta qualidade.

Hoje, as soluções de IA podem oferecer uma solução econômica para prestar um ótimo suporte por meio de chatbots e outras opções de serviço voltados para o cliente. Além disso, os clientes estão cada vez mais aceitando essas soluções. Pesquisas recentes indicam que 50% dos usuários estão abertos para conversar com chatbots quando se envolvem inicialmente com uma marca.
De acordo com dados compilados pela Salesforce, os agentes de atendimento ao cliente também se beneficiam. Eles descobriram que 64% dos agentes que trabalham com chatbots de IA foram capazes de passar a maior parte do tempo resolvendo problemas complexos, em vez de responder às consultas rotineiras.

Esta é uma área onde a Inna defende os benefícios da IA para as empresas. Ela explica: “Normalmente, temos que gastar mais dinheiro para alcançar uma melhor experiência do cliente, mas a IA simultaneamente oferece maior precisão e foco e reduz o custo de capital humano”.

Em outras palavras, a IA permite que as empresas façam mais com menos.

2. Ferramentas de marketing alimentadas por IA agregam valor

Dados são a chave para alcançar e identificar clientes em potencial em um cenário de comunicações em constante evolução, e as ferramentas de IA podem ser indispensáveis para ajudar as startups a fazer isso.

Considere, por exemplo, a plataforma Watson Personality Insights da IBM. Ela pode escanear os canais sociais de uma startup, junto com seus concorrentes, para criar perfis detalhados de personalidade do cliente-alvo. Esses perfis podem ajudar uma startup a se comunicar com clientes em potencial da maneira que eles provavelmente responderão. Eles também podem ajudar a identificar influenciadores ou membros de grupos de pares de clientes que podem ser parceiros de mensagens eficazes para uma campanha de marketing direcionada.

Empresas como a companhia de software TradeDesk usam IA que permite atingir seu público específico. Sua tecnologia analisa mais de 11 milhões de oportunidades de publicidade e permite que as empresas encontrem, licitem e anunciem para seu público-alvo.

3. Criação de produtos ou serviços habilitados para IA

Os desenvolvedores de IA começaram a produzir ferramentas como serviço que as empresas podem incorporar em suas próprias ofertas. Isso significa que as startups podem oferecer novos produtos inovadores e experiência de serviço para seus clientes.

Inna aponta como exemplo as ferramentas de análises integradas da Sisense, que permitem às equipes de produto incorporar consultas em linguagem natural para que os usuários possam conversar com seus dados. Isso possibilita que as startups criem serviços que tragam novas formas de interatividade e utilidade aos usuários.

Com novas ferramentas de IA que derivam insights de seus dados, você pode oferecer experiências que antes eram limitadas às grandes companhias. Empresas de comércio eletrônico, por exemplo, usando plug-ins de IA, podem introduzir poderosos mecanismos de recomendação semelhantes ao Netflix e Amazon.

4. A IA pode produzir inteligência de mercado valiosa

Em qualquer mercado competitivo, as startups devem enfrentar rivais de longa data e outras empresas iniciantes em uma luta por participação de mercado. Portanto, é fundamental rastrear os concorrentes para ver onde estão as oportunidades.

Soluções como as da empresa Crayon podem ingerir centenas de fluxos de dados para fornecer insights em tempo real sobre os movimentos dos concorrentes. Se eles baixarem o preço de um produto, lançarem uma nova campanha de marketing, receberem uma crítica online negativa, qualquer coisa que possa gerar uma visão contestável, ele vai encontrar e relatar sobre isso.

Nesta área, Inna acredita que a IA não é apenas útil, mas essencial. Ela diz que, no ambiente de negócios de hoje, a análise humana não consegue acompanhar, porque “o mundo muda a uma velocidade difícil de compreender, então a tomada de decisões precisa ser ajustada com base em percepções provenientes de dados, acompanhadas por ações recomendadas.” A sobrevivência do mais rápido é “a regra hoje.”

5. A IA pode melhorar a aquisição e retenção de talentos

Como qualquer empresário experiente pode lhe dizer, uma startup só irá tão longe quanto sua equipe puder. Por esse motivo, vale a pena fazer o que for necessário para recrutar os melhores e mantê-los envolvidos.

No entanto, a startup média não terá um departamento de RH no primeiro dia, muito menos um líder de RH dedicado, para ajudá-lo a encontrar os melhores e mais brilhantes.

Com a IA, porém, as startups podem aumentar suas chances de identificar e atrair os melhores talentos na área. Existem agora dezenas de ferramentas de RH habilitadas para IA e plataformas de recrutamento disponíveis para startups para ajudá-los a identificar as contratações certas em um grande grupo.

Uma vez contratadas, as ferramentas de IA podem ajudar a detectar o envolvimento dos funcionários, funcionários em risco ou quão produtivos são seus desenvolvedores, permitindo que você construa uma empresa altamente funcional.