invista em startups
Startups

Hotmart lança desafio para startups e pretende investir R$ 2 milhões em novos negócios

O CEO e cofundador da Hormart João Pedro Resende

27/05/2021 07h02
Por: Leonardo Brum
Fonte: Forbes
266
O CEO e cofundador da Hormart João Pedro Resende
O CEO e cofundador da Hormart João Pedro Resende

 

A empresa de tecnologia Hotmart, que disponibiliza plataformas e serviços para criadores de conteúdo, anunciou com exclusividade à Forbes a criação do Hotmart Challenge, um desafio para startups dos setores de educação, pagamentos eletrônicos e marketing. Durante três meses, os projetos de inovação passarão pelo crivo de especialistas, encarregados de identificar os negócios com maior potencial. Ao fim do processo, o unicórnio brasileiro pretende investir R$ 2 milhões em seis startups.

O desafio terá pelo menos quatro etapas. Na primeira, as startups terão de enviar um vídeo explicativo sobre a sua solução. As 50 melhores ideias serão selecionadas por uma triagem interna da Hotmart. Após essa etapa, haverá uma seletiva para definir quais as 20 startups com mais potencial. Nos passos seguintes, mentorias serão realizadas para os empreendedores até que sobrem quatro negócios, formando uma semifinal, de onde sairão os dois empreendimentos finalistas.

As inscrições para o Hotmart Challenge começam hoje (26) e vão até o dia 24 de julho. Embora o desafio procure startups que atuem em áreas do ecossistema de criação de conteúdo, não há um nível de maturidade estabelecido para os negócios. Os projetos de inovação que se inscreverem podem estar em fase inicial, em validação ou execução. O cadastro para a iniciativa deve ser feito pelo site www.hotmartchallenge.com.

INSPIRAÇÃO E RETRIBUIÇÃO

Fundada em 2011, a Hotmart está em seu décimo ano de atuação. Em entrevista à Forbes, o CEO e cofundador da empresa, João Pedro Resende, contou que o desafio proposto faz parte de um ciclo de iniciativas para comemorar os dez anos da empresa que ajudou a criar. O foco principal, segundo ele, é retribuir e fomentar o ecossistema de inovação, por meio do auxílio a novos empreendedores e seus negócios.

Resende explica que, se não fosse um desafio de startups, a Hotmart não teria chegado aonde  chegou. “Se não tivéssemos participado e vencido a competição ‘Sua ideia vale R$ 1 milhão’, do Buscapé, em 2011, não teríamos sobrevivido por falta de dinheiro”, afirma. Na época, a startup foi uma das quatro empresas vencedoras da iniciativa e recebeu um investimento de R$ 300 mil para desenvolver o negócio.

O CEO da Hotmart utiliza, ainda, o exemplo do Vale do Silício, na Califórnia (EUA), para explicar a criação de um desafio de startups. “Por lá, os empreendedores de sucesso, que deram certo e criaram grandes negócios, devolveram parte desse capital em forma de investimento de risco em empresas que estavam nascendo”, diz. “Hoje, nós temos experiência de desenvolvimento de tecnologia, de como fazer as coisas acontecerem, e o que mais queremos é contribuir para o ecossistema de inovação.