invista em startups
Sustentabilidade

São Paulo ganha espaço para promover negócios sustentáveis

O local promoverá ações de incubação e aceleração de 20 negócios sustentáveis e tecnologias verdes

08/06/2021 07h01
Por: Leonardo Brum
Fonte: Forbes
146
O local promoverá ações de incubação e aceleração de 20 negócios sustentáveis e tecnologias verdes
O local promoverá ações de incubação e aceleração de 20 negócios sustentáveis e tecnologias verdes

 

A cidade de São Paulo acaba de ganhar o primeiro espaço da capital com foco em startups de tecnologias verdes e sustentabilidade. Inaugurado no sábado (5), o Centro de Inovação Verde Bruno Covas – Hub Green Sampa tem como objetivo incentivar o desenvolvimento de empresas ambientais que atuam no setor, oferecendo mentorias, acelerações e residências.

Localizado na Praça Victor Civita, zona oeste da cidade, o espaço conta com três pavimentos, um estúdio de produção de materiais em áudio, uma área de evento para 50 pessoas, espaço de interação, mais de 90 estações de trabalho, sala de reunião e seis phone booths, áreas reservadas, com privacidade, para garantir o sigilo das conversas.

O complexo oferece também um Teia, espaço de coworking gratuito da Prefeitura de São Paulo, equipado com computadores com internet, wi-fi, conteúdos de apoio ao empreendedorismo e possibilidade de networking com empresas de grande porte. Idealizado pela Ade Sampa, agência vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo, o Hub recebeu um investimento de R$ 1,7 milhão. “A partir de agora, as startups verdes da cidade contam com um espaço para alavancar seus projetos, contribuindo com uma cidade mais verde, limpa, renovável e sustentável”, declara a secretária de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo, Aline Cardoso.

O local promoverá ações de incubação e aceleração de 20 negócios sustentáveis e tecnologias verdes, levando em conta, especialmente, a inovação e seus modelos colaborativos. “Criamos o Hub Green Sampa para que o espaço seja o centro de desenvolvimento de uma nova economia mais sustentável e geradora de emprego e renda”, declara o presidente da Ade Sampa, Frederico Celentano.

As startups selecionadas poderão utilizar toda a infraestrutura do local de forma gratuita por um ano. Elas vão participar de webinars e workshops com foco em atração de investimentos de impacto e desafios de inovação aberta envolvendo grandes empresas e o poder público na área de governança ambiental. A iniciativa oferece, ainda, encontros com especialistas do mercado para debater temas que envolvem a sustentabilidade, cenários futuros e novas tecnologias, além de promover o networking entre o ecossistema de inovação verde de São Paulo.

O espaço começa a funcionar hoje (7), sempre de segunda a sexta-feira, das 10h às 14h, mediante agendamento durante o período da pandemia.