invista em startups
Aporte

M2M recebe aval da CVM para depositária de CRA; ganha aporte de R$10,8 mi

A M2M já havia recebido autorização em dezembro passado, mas aguardava aval final do colegiado, que veio nesta terça-feira. A empresa prevê começar o serviço no início do segundo semestre.

09/06/2021 06h42
Por: Leonardo Brum
Fonte: Reuters
111

 

A empresa de tesouraria digital Mark 2 Market (M2M) recebeu nesta terça-feira licença da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) para atuar como Central Depositária de Recebíveis do Agronegócio (CRA), passando a competir no setor com a B3.

"O colegiado tomou conhecimento da manifestação da área técnica atestando o cumprimento das condições suspensivas fixadas pelo colegiado para concessão de autorização à Mark 2 Market para prestação de serviços de depósito centralizado para certificados de recebíveis do agronegócio", afirmou a autarquia.

A M2M já havia recebido autorização em dezembro passado, mas aguardava aval final do colegiado, que veio nesta terça-feira. A empresa prevê começar o serviço no início do segundo semestre.

Criada em 2010, a M2M afirma gerir mais de 310 bilhões de reais em suas plataformas, recursos de securitizadoras e empresas na gestão de dívidas, aplicações, derivativos, com clientes como Burger King, EcoAgro, Natura, CCR e Alpargatas.

A M2M também anunciou nesta terça-feira que recebeu um aporte de 10,8 milhões de reais liderado pela gestora de fundos de venture capital KPTL e pela Mantiqueira Participações.

"Os recursos captados prevêem a aceleração da integração de nossas soluções financeiras em um mesmo ecossistema", afirmou em ntoa o fundador e presidente da M2M, Rodrigo Amato.

(Por Aluísio Alves)