invista em startups
Carreira

O que os empreendedores precisam saber sobre liderança

Abrir um negócio envolve riscos e gastos – mas isso é o que todo empresário já sabe antes de se aventurar no mercado

14/07/2021 08h47
Por: Leonardo Brum
Fonte: Forbes
176
Abrir um negócio envolve riscos e gastos – mas isso é o que todo empresário já sabe antes de se aventurar no mercado
Abrir um negócio envolve riscos e gastos – mas isso é o que todo empresário já sabe antes de se aventurar no mercado

 

Dizem que uma longa jornada sempre começa com um primeiro passo. Esse ponto de partida, entretanto, pode não ser nada fácil. E é por isso que ele costuma ser tão debatido entre os empreendedores. 

Existem várias lições que podemos aprender sobre a prática do empreendedorismo. E isso pode ser antes ou durante o processo de gestão de seu próprio negócio.

Há vários motivos pelos quais as pessoas não abrem um negócio. E os empresários estão cientes de tudo isso, mas o fazem mesmo assim. A lição aqui é que se você quiser ser um empreendedor, deve simplesmente começar. É melhor fazer e pedir desculpas caso algo dê errado do que implorar por uma “permissão” antes de seguir seus sonhos. O mesmo princípio se aplica à administração do negócio, mesmo depois de iniciado. Nesse sentido, o objetivo é ser ousado nas decisões. Não foi inacreditável quando Elon Musk decidiu entrar na onda do bitcoin? Não foi estranho a Amazon ter concordado em comprar a MGM? E quando Richard Branson escolheu ir para o espaço? Estas são decisões ousadas. Elas podem não fazer sentido para muitos, mas os empreendedores sabem quando devem correr riscos. Basta perguntar para a cantora Christina Milian, que recentemente fundou a cafeteria Beignet Box, junto com Elizabeth Morris. 

Christina, que ganhou fama com seus três álbuns musicais e incontáveis ​​papéis na televisão e no cinema, incluindo a comédia romântica “Amor e Uma Estalagem” e a série “The Oath”, acredita que a paixão deixa um empresário mais eficaz. “Você tem que amar o seu negócio, porque é isso que você vai comer, respirar e dormir o dia todo.”

Este é um conselho particularmente importante porque administrar uma empresa não é uma tarefa fácil e os custos aumentam ano após ano. Uma nova pesquisa da CircleLoop no Reino Unido concluiu que as contas e os custos podem oscilar nos próximos cinco a dez anos, aumentando, em média, 3,05% anualmente. Embora haja algumas economias a serem feitas com o abandono do ambiente de escritório, os empreendedores devem considerar todas as opções disponíveis para extrair o máximo valor de suas finanças.

Christina conseguiu isso inaugurando apenas uma unidade de sua cafeteria sobre rodas. “A coisa mais importante era calcular nossos custos; o que é preciso para crescer?” Mas quando a demanda começou a aumentar, ela também não se deixou levar pelos primeiros resultados. “Não queremos nos mover muito rápido. Queremos ter certeza de que cuidamos de nosso pessoal – desenvolvendo uma marca que existirá para seus filhos e para os filhos de seus filhos.” Esse sentimento vital sugere que as empresas são administradas por, com e para as pessoas. Um negócio individual ainda precisa do talento de outras cabeças para se tornar bem-sucedido. “Acho que positividade e otimismo melhoram o clima do ambiente, ajudam você a entender as pessoas e o seu negócio”, diz a empreendedora. Ela continua: “Não precisa ser estressante, mesmo que esteja correndo um risco. Está tudo bem!”

Christina está, é claro, absolutamente correta. Pode parecer clichê, mas é óbvio dizer que iniciar qualquer empreendimento é um risco. No entanto, outras decisões menores também envolvem perdas e ganhos, incluindo coisas como comprar um carro, alugar um escritório e contratar ou demitir um funcionário. 

Os seres humanos assumem riscos, quer eles saibam ou não, retruca a Dra. Lebene Soga, professora de empreendedorismo e liderança na Henley Business School. “Do risco de se levantar para caminhar quando criança ao risco de escalar o Everest, nascemos para isso”, diz ela. Portanto, essa lição não é nova para os empreendedores. Eles, assim como Christina, apenas incorporam a situação mais do que os outros. Assim, antes de iniciar o seu negócio, a lição é: simplesmente comece!