invista em startups
Open Banking

BC adia para junho de 2022 prazo para decisão sobre estrutura definitiva do open banking

O open banking permite que clientes de instituições financeiras autorizem o compartilhamento de seus dados cadastrais e de transações, de maneira a fomentar a competição no setor e abrir espaço para a oferta de novos serviços a preços mais baixos.

07/10/2021 06h55
Por: Leonardo Brum
Fonte: Reuters
106
© Reuters. Sede do Banco Central em Brasília 25/08/2021 REUTERS/Amanda Perobelli
© Reuters. Sede do Banco Central em Brasília 25/08/2021 REUTERS/Amanda Perobelli

 

O Banco Central anunciou nesta quarta-feira o adiamento para 30 de junho de 2022 do prazo para que os participantes do open banking definam sua estrutura definitiva.

O prazo inicial era 25 deste mês, e a prorrogação, segundo a autarquia, se deu em função de alterações do cronograma das fases iniciais de implementação do open banking e também pelo aumento do seu escopo, com a inclusão de produtos como investimentos e seguros.

"A definição desse novo prazo tem como objetivos possibilitar o direcionamento dos esforços de curto prazo do mercado à implementação das fases e, ao mesmo tempo, possibilitar um maior amadurecimento do mercado quanto ao modelo a ser adotado, tendo em vista esse escopo mais amplo de dados e serviços", disse o BC em nota.

O open banking permite que clientes de instituições financeiras autorizem o compartilhamento de seus dados cadastrais e de transações, de maneira a fomentar a competição no setor e abrir espaço para a oferta de novos serviços a preços mais baixos.

(Redação Brasília)