invista em startups
Combustível

Gasolina sobe 6,46% nos postos do Brasil na 1ª metade de novembro, diz ValeCard

Após quase um ano e seis meses de altas consecutivas, disse a empresa, o valor do combustível fóssil ficou 74% mais caro desde maio de 2020, quando o preço médio era de 4,01 reais por litro.

18/11/2021 06h45
Por: Leonardo Brum
Fonte: Reuters
67
© Reuters. Frentista abastece carro em posto de gasolina do Rio de Janeiro 17/03/2021 REUTERS/Pilar Olivares
© Reuters. Frentista abastece carro em posto de gasolina do Rio de Janeiro 17/03/2021 REUTERS/Pilar Olivares

 

O preço médio da gasolina nos postos do Brasil subiu 6,46% na primeira quinzena de novembro em relação ao mês anterior, a 6,98 reais por litro, segundo levantamento realizado pela ValeCard divulgado nesta quarta-feira.

Após quase um ano e seis meses de altas consecutivas, disse a empresa, o valor do combustível fóssil ficou 74% mais caro desde maio de 2020, quando o preço médio era de 4,01 reais por litro. 

"Aquele foi o último mês de baixa no preço médio nacional", pontuou a empresa de meios de pagamentos eletrônicos, que atua no segmento de soluções para gestão de frotas.

O levantamento mostrou ainda que todos os Estados do país registraram alta no valor do combustível.

Santa Catarina, Distrito Federal e Ceará apresentaram os maiores avanços, com aumento de 8,16%, 7,94% e 7,69% respectivamente. Já os Estados que registraram menores variações foram o Piauí, com 4,44%, e Alagoas, com 4,99%.

Nas capitais do Brasil o valor médio foi de 6,946 reais.

O levantamento foi realizado por meio de registros de transações com cartão de abastecimento da ValeCard em cerca de 25 mil estabelecimentos.

(Por Laís Morais)